Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/04/16 às 13h58 - Atualizado em 27/11/18 às 14h31

160 mil serão beneficiados com novos viadutos de Águas Claras

COMPARTILHAR

160 mil serão beneficiados com novos viadutos de Águas Claras

Inauguração de dois elevados nesta quinta-feira (21), nas Ruas Manacá e Alecrim, contou com a presença do governador Rodrigo Rollemberg

Mariana Damaceno, da Agência Brasília

21 de abril de 2016 – 10:38

 

Foto: Dênio Simões/Agência Brasília160 mil serão beneficiados com novos viadutos de Águas Claras

 

Atualizado em 21 de abril de 2016, às 13 horas

A partir desta quinta-feira (21), cerca de 160 mil pessoas de Águas Claras serão beneficiadas diariamente com a inauguração de dois viadutos, nas Ruas Manacá e Alecrim. Os elevados ligam a parte sul à norte da região administrativa, por cima dos trilhos de metrô.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, participou da inauguração das estruturas na manhã desta quinta-feira (21) acompanhado da esposa, Márcia. “Estamos fazendo vários investimentos em mobilidade: construção de viadutos, de ciclofaixas nas avenidas Castanheira e Araucária e de calçadas”, elencou o governador. O objetivo é melhorar o trânsito para pedestres, motoristas e ciclistas. Segundo o chefe do Executivo local, o Departamento de Trânsito fará os estudos para identificar a necessidade de possíveis mudanças para melhorar o fluxo.

Os moradores que acompanharam a inauguração na manhã de hoje reivindicaram calçadas novas e a reforma das que já existem. Segundo Rollemberg, será lançado edital de licitação para construir e recuperar calçadas em todo o DF, inclusive em Águas Claras. “Serão R$ 50 milhões a serem usados conforme a necessidade e a disponibilidade de recursos”, disse.

No primeiro viaduto, na Manacá, próximo à administração regional, o trânsito seguirá no sentido norte-sul. No segundo, na Alecrim, ao lado da Estação Arniqueiras, a direção se inverte. Com 50 metros de comprimento e 12 metros de largura (sendo 1,5 metro de cada lado para pedestres), as construções foram projetadas para facilitar o acesso às Avenidas Boulevard Norte e Sul, à margem da linha de metrô. Mais duas serão entregues na primeira semana de maio, segundo estimativa da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos. Uma ligará a Rua 37 Norte à 37 Sul e outra, a 36 Norte à 36 Sul.

Valores A obra na Manacá custou aos cofres públicos R$ R$ 3.372.887,53; a da Alecrim, R$ 3.574.475,59. O investimento total nas quatro estruturas é de R$ 14.244.501,11, do Tesouro do Distrito Federal. Quando as quatro entregas forem concluídas, serão 13 viadutos distribuídos pela região administrativa — nove já existem.

O secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Julio Cesar Peres, presente na inauguração, explicou que os quatro viadutos vão completar o sistema binário que liga as avenidas Castanheira e Araucária. “Os dois primeiros estão sendo entregues com 15 dias de antecedência”, destacou.

As intervenções tiveram início em dezembro e terminaram em aproximadamente quatro meses — um antes do previsto. Os viadutos são do tipo misto, ou seja, contêm estrutura metálica e de concreto. Para erguê-los, não foi necessário bloquear o trânsito.

Também participaram da inauguração o secretário de Mobilidade, Marcos Dantas; a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos; o chefe da Casa Militar, coronel Cláudio Ribas; o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental, Maurício Luduvice; os diretores-presidentes da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento (Adasa), Paulo Salles; da Companhia do Metropolitano do DF, Marcelo Dourado; e da Companhia Energética de Brasília, Ari Joaquim da Silva; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcos Antônio Nunes de Oliveira; os administradores regionais de Águas Claras, Manoel Valdeci Machado Elias; e do Plano Piloto, Marcos Pacco; e o deputado distrital Julio César (PRB), líder do governo na Câmara Legislativa.

Metrô Depois da cerimônia em Águas Claras, o governador seguiu para a Rodoviária do Plano Piloto de metrô. Ele aproveitou para conhecer o painel eletrônico instalado na Estação Arniqueiras que sinaliza o tempo de espera pelo trem. Na Estação Central, assistiu à apresentação do grupo de capoeira de Ceilândia Raiz e Tradição.

Leia também...