Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/10/19 às 17h22 - Atualizado em 8/10/19 às 18h26

Obras da Rota de Fuga no SIA devem começar em 20 dias

COMPARTILHAR

Foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta terça-feira (08) convênio firmado entre a Secretaria de Obras e a Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) visando o repasse de R$ 10,1 milhões para a execução das obras de drenagem e pavimentação da Via de Ligação do Setor de Inflamáveis no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), conhecida como Rota de Fuga. A previsão é de que as obras comecem em 20 dias e o prazo de conclusão é de 180 dias.

 

No local, serão construídas duas saídas do setor para os casos de emergência, uma vez que as ruas adjacentes aos lotes da região não possuem saída. A proposta prevê a continuidade das vias já existentes (IN-1 e IN-2), seguindo paralelamente à via férrea até o Conjunto Lúcio Costa, onde se incorporam à via marginal da Estrada Parque Taguatinga (EPTG). Cada uma das duas novas vias terá duas faixas de rolamento (mão dupla), com sete metros de largura, calçadas e ciclovia, numa extensão total de 3,7 km.

 

“Como o próprio nome sugere, a Rota de Fuga é um local estratégico e que deve garantir segurança no caso de um incidente no Setor de Inflamáveis, onde estão localizados, por exemplo, pontos de armazenamento e redistribuição de combustível”, explica o Secretário de Obras, Izidio Santos.

 

“Um incêndio no Setor, por menor que seja, é capaz de trazer consequências catastróficas para a Cidade Estrutural, Cidade do Automóvel, Cruzeiro, Octogonal, Lúcio Costa, Guará e Vicente Pires. Além disso, um incidente dessa natureza comprometeria o abastecimento de combustível e gás de cozinha na capital do País”, explica o subsecretário de acompanhamento e fiscalização de obras, Sérgio Lemos.