Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/05/20 às 10h14 - Atualizado em 21/05/20 às 10h15

Obras seguem em ritmo acelerado GDF nas Ruas 3, 4, 7 e 12 de Vicente Pires

COMPARTILHAR

Os serviços de pavimentação das Ruas 3, 4 e 7, tão aguardados pela população local, seguem em ritmo acelerado desde o início da estiagem. Na rua 12, a empresa contratada avança na execução dos serviços de drenagem.

 

Durante visita às obras, o Secretário de Obras, Luciano Carvalho destacou que “nosso compromisso em entregar tudo aquilo previsto em contrato até o fim deste ano está mantido. As empresas estão comprometidas com os serviços e contamos com elas para que os anseios de moradores e comerciantes da região sejam atendidos”.

 

Rua 3 – A etapa em questão consiste na realização de 600 metros de drenagem e 1,5km de pavimentação da via, trecho localizado entre a marginal da Estrada Parque Taguatinga Guará (EPTG) até o entroncamento com a Rua 08, além de meio-fio e calçada. O valor investido será de R$2.547.343,18 e a previsão é de que os serviços executados pela empresa GW sejam concluídos em 120 dias.

 

Rua 4 – Na região, os serviços não param. Na rua 4, a empresa Artec executa a construção de calçadas. Nas Travessas 2 e 4, as máquinas trabalham na compactação do solo para a chegada do asfalto. O mesmo ocorre nas ruas 4A, 4D e na rua do Sicoob. No condomínio 191B, a contratada trabalha no corte do terreno para a execução da pavimentação asfáltica.

 

Rua 7 – A empresa JM, responsável por parte dos serviços na rua, concentra os esforços na pavimentação de 1,2km da via, trecho localizado entre os entroncamentos com a rua 04 e 08. A infraestrutura restante da via, trecho entre os entroncamentos da rua 08 e 12, sob responsabilidade da empresa Basevi, está concluída.

 

Rua 12 – Com 3,2km de extensão, a rua 12 é importante centro comercial do Vicente Pires. Em 2019, foram executados 442 metros de drenagem e pavimentação. No momento, a empresa HYTEC trabalha na execução de 2.758 metros de drenagem, sendo 1,8 mil de galeria 2×2 e 878 metros de rede variando diâmetros de 600mm até 1500mm. Após a drenagem, será instalado o tão aguardado asfalto. O investimento é de aproximadamente R$ 15 milhões.