Governo do Distrito Federal
23/12/21 às 17h37 - Atualizado em 27/12/21 às 14h44

Avenida Principal do Paranoá vai passar por reforma

O Governo do Distrito Federal (GDF) autorizou o início das obras na Avenida Principal do Paranoá. A região, uma das mais movimentadas, vai ganhar melhorias nas calçadas, estacionamentos, drenagem, ciclovia e paisagismo. Serão investidos R$ 16 milhões na obra, tão aguardada pelos 65 mil moradores da cidade.

 

A ordem de serviço foi assinada pelo governador Ibaneis Rocha nesta quinta-feira (23), que destacou a importância de as cidades terem espaços com acessibilidade e mobilidade para um fluxo melhor da população e para o comércio.

 

“Tenho visto outros locais onde foi feito esse serviço, como na W3 Sul, e você vê a importância de uma requalificação das ruas e das avenidas mais movimentadas do DF”, afirmou. “Você dá acessibilidade para os idosos, para as pessoas com deficiência e para o comércio. Sabemos que as obras trazem transtornos, mas, ao final, todos vão poder olhar, agradecer e falar: eu moro numa cidade que tem qualidade de vida”, destacou Ibaneis Rocha.

 

Com 2,7 km de extensão, a avenida será transformada com o foco na mobilidade. As calçadas próximas às edificações terão passeios livres para circulação, algo bem distinto da realidade atual, na qual os pedestres têm de disputar espaço com os veículos. A avenida vai ganhar ainda um projeto de arborização com diferentes espécies vegetais do cerrado. Já a ciclovia existente no canteiro central será preservada e recuperada. As paradas de ônibus serão alinhadas com a calçada e contarão com a instalação de rampas e pisos táteis.

 

“Esse é um projeto de quase 15 anos que estamos fazendo virar realidade, é mais um saindo do papel nesta gestão. O Paranoá é uma cidade antiga e consolidada, e essa avenida é referência para os moradores. É uma requalificação que estamos fazendo em outras cidades e que chega agora ao Paranoá”, explicou o secretário de Obras, Luciano Carvalho.

 

“É mais um sonho que vamos realizar. O Paranoá saiu na frente com parquinhos adaptados e agora vai ter a avenida principal com acessibilidade. Vamos trocar o asfalto, redimensionar as paradas de ônibus e muito mais. É um projeto de primeira para tornar o Paranoá uma das cidades mais acessíveis do DF”, afirma o administrador da cidade, Sergio Damasceno.

 

A obra terá início na segunda quinzena de janeiro para não atrapalhar as vendas de fim de ano no comércio. Mesmo assim, os moradores estão ansiosos para ver o serviço começar.

 

“Essa avenida precisa de muitas melhorias. A ciclofaixa não é contínua em alguns lugares, têm placas que atrapalham. Com essa estrutura que está vindo para melhorar as calçadas, vai melhorar também a acessibilidade. As pessoas têm dificuldade de enxergar os cadeirantes e entender que também fazemos parte da sociedade. Estou feliz que essa obra vai sair do papel”, comemora o vigilante Carlos Roberto, de 57 anos.

 

Instalado desde 1998 no Paranoá, o comerciante Cleone Pereira, de 47 anos, acredita que o comércio sairá fortalecido com a obra. “Já passou da hora de ter essa reforma. Com a obra, o comércio vai ser mais frequentado, porque hoje muitas pessoas que moram aqui vão para outras cidades com as